O país dos Shopping Centers – Os números do setor

Os números são Impressionantesibirapuera. Algumas estatísticas apontam mais de mil shoppings em operação no Brasil. Outras são menos otimistas e apresentam números que não passam dos quinhentos estabelecimentos. Mas um detalhe é fato: o brasileiro se acostumou a comprar em Shopping. Nas grandes cidades, onde o centro era o ponto principal de compras, a população acabou mudando seus hábitos. Afinal onde se pode almoçar, comprar, se divertir, assistir a um filme no cinema ou uma boa peça de teatro com todo o conforto e comodidade?
Segundo a ABRASCE – Associação Brasileira de Shopping Centers, existem atualmente no Brasil 495 Shoppings. Pode parecer um número baixo, mas impressiona a área locável desses shoppings: mais de 12 milhões de metros quadrados. O que vale dizer que há espaço para quase 90 mil lojas.
A ocupação atual é feita por 2.636 lojas âncora, 1.758 Megalojas e 75.566 lojas satélites.
878 espaços são ocupados por empreendimentos de lazer. A área de serviços corresponde a 7.029 lojas e os cinemas apresentam 2.185 salas, totalizando 87.867 lojas.
Para receber os consumidores os shoppings brasileiros oferecem 729.201 vagas de estacionamento, que de forma rotativa, podem levar milhões de pessoas a comprar em um único dia. Para atender essa demanda, os Shoppings empregam, segundo a ABRASCE 843.254 funcionários.
São números surpreendentes, mas compreensíveis quando se analisa o faturamento do setor: 120 Bilhões de Reais, excluindo-se a venda de combustíveis e GLP. Isso representa quase 20% de todas as vendas do varejo nacional. Sendo que, o ticket médio, é muito superior às compras em um shopping do que aquelas efetuadas em uma loja de rua. E os números continuam crescendo. Estas estatísticas apresentam apenas números de estabelecimentos com mais de 5.000 metros quadrados, vagas de estacionamento e lojas âncoras. Excluindo-se, assim, os minishoppings e as galerias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.