Camil inova e desconsidera feijão como commodity em sua fan page.

Camil feijoada 01Camil Alimentos, tradicional empresa, fundada em 1963, que engloba as marcas Camil, Coqueiro, Da Barra e União continua seu processo de revitalização e modernização da marca.
Em uma época onde o feijão é considerado pela população brasileira como commodity, a Camil consegue através da sua fan page no Facebook se diferenciar das demais marcas.
Diversas receitas, dicas, vídeos e sugestões de utilização forram a página da empresa Camil na Mesa
Na página, é possível, por exemplo, assistir a vídeos do Edu Guedes dando sugestões do preparo da brasileiríssima feijoada, utilizando os produtos da empresa.
As pessoas poderão, também acessar dicas e receitas de última hora. Como preparar uma feijoada rápida, por exemplo.
Entre as dicas do culinarista Edu Guedes, há sugestões sobre como deixar a feijoada mais leve sem tirar o gosto.
Há também sugestões de pratos utilizando o feijão pronto da marca, o que reduz o tempo de preparo das iguarias substancialmente,
Vale a pena dar uma visitada na página, seja para curtir, para ver as receitas ou pesquisar restaurantes brasileiros que utilizam os produtos da empresa em seus preparos.

O título da fan page é bem sugestivo e criativo: “Camil na mesa – Feijoada Camil: um prato cheio de Brasil”

História da empresa:

Segundo o site da empresa, As atividades da Camil tiveram início no ano de 1963, em meio à tendência verificada no setor arrozeiro brasileiro, de migração do cultivo do arroz da região central do Brasil para o sul do país, sob a forma da Cooperativa Agrícola Mista Itaquiense Ltda. em um armazém na Cidade de Itaqui, no Estado do Rio Grande do Sul.

Em 1974, iniciou a distribuição de  arroz em embalagens plásticas de 5 kg, situação atualmente consolidada pelo mercado e elogiada pelos consumidores que, até o presente momento, compram o arroz principalmente nesse tipo de embalagem.
Em 1987, expandiram o negócio comercializando feijão com a marca Camil.

Marcas da empresa.

A Camil é, ainda, proprietária de outras marcas de arroz e feijão.
O processo de internacionalização da Camil, iniciado em 2007, fez com que outras empresas, bem como suas marcas, passassem a fazer parte do portfólio da Camil, cuja capacidade de produção atingiu o patamar de 18,6 milhões de toneladas de grãos.
Em 2007, a Camil adquiriu a uruguaia Saman, líder no mercado uruguaio de arroz, com 50% de participação local e 91% de sua produção são direcionadas à exportação.
A Camil comprou a empresa chilena Tucapel, em 2009, também líder no país no segmento de beneficiamento de arroz, cujo destino é 100% voltado para o consumo local. Em setembro de 2010, a Camil adquiriu o complexo industrial produtor de arroz da BB Mendes no estado do Maranhão e se tornou proprietária das marcas Bom Maranhense e Mais Saboroso.
Com essas aquisições, a Camil atualmente tem 12 plantas produtivas no Brasil, 9 no Uruguai e 4 no Chile.
Fonte: Camil
Veja abaixo um vídeo do Edu Guedes para a Camil:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.